Fale Conosco: (61) 9.9592-3632 (WA)

ÁGUAS LINDAS TEM AUMENTO DE MAIS DE 98% NO NÚMERO DE MORTES POR COVID-19 DESDE O COMEÇO DO ANO DE 2021

REUTERS/Bruno Kelly
REUTERS/Bruno Kelly
Publicidade

O Brasil tem registrado pequena queda nos casos de morte por Covid-19 nas duas últimas semanas, porém vários estados estão afrouxando as medidas de prevenção ao vírus, tornando a abrir os comércios, casas de shows, boates e bares das cidades.

Já temos registrados mais de 450 mil brasileiros mortos nesse mês, sendo a maioria abaixo dos 50 anos de idade segundo pesquisa feita pelos órgãos de imprensa.
Águas Lindas teve um aumento no caso de óbitos de janeiro de 2021 de mais de 98,44%, sendo as mortes da faixa etária dos 50 a 60 anos as vítimas do novo coronavírus. O número de mortos passou de 129 para 256 pessoas nos últimos quatro meses desse ano. Dar-se esse aumento as festas clandestinas de final de semana, aglomerações e afrouxamento das medidas nos bares da cidade, que continuam sem fiscalização pelos órgãos de saúde pública municipal.

O Hospital Municipal Bom Jesus foi destinado ao tratamento dos pacientes com sintomas virais e virou o centro de referência de atendimento.
Embora esse índice praticamente tenha dobrado em relação a janeiro deste ano, a população faz pouco caso da doença, insistindo no não uso da máscara ou com o uso de maneira incorreta, falta de fiscalização, locais públicos como quadra de esportes e campos de futebol lotados, fazem com que seja aumentado o número de casos.

Já foi comprovado que, a contaminação de rebanho não é o método mais eficaz no combate ao coronavírus, pelo contrário tem levado inúmeras pessoas ao óbito por falta de atendimento médico ou por diagnóstico tardio.
A vacinação avança na cidade e já foram vacinados mais de 25 mil moradores esse total representa um pouco mais de 10,56% da população Aguaslindense, que está vacinando as pessoas com comorbidades entre 50 a 54 anos.
Nesta sexta-feira (21) deu início a vacinação dos professores e profissionais ligados a educação. O prefeito e o vice em Live essa semana falou de retorno das aulas na rede pública de ensino de Águas Lindas, mas com o ritmo lento de vacinação, poderão estar colocando a população em risco, uma vez que o percentual de vacinados ainda é baixo.

Com a chegada da nova cepa da variante indiana do Covid-19, o Brasil passa ao estado de alerta pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e possivelmente terá uma terceira onda de infectados, podendo dobrar o número de mortos pela doença em menos tempo do que a variante brasileira P1 e P2.

Fontes: Facebook Prefeitura de Águas Lindas e Secretária Estadual de Saúde de Goiás.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter

PUBLICIDADE

ÚLTIMA POSTAGEM