Fale Conosco: (61) 9.9592-3632 (WA)

LUIS MIRANDA INVADE CPI DO SENADO, GOVERNISTA PEDEM AOS GRITOS, QUE ELE SEJA CASSADO

Foto: Pedro França/Agência Senado
Foto: Pedro França/Agência Senado
Publicidade

Brasília-DF. O Deputado Federal Luis Cláudio Miranda (DEM) mais uma vez demonstra, que é capaz de colocar fogo no parquinho. Numa das cenas mais inusitadas de todas, o deputado apareceu hoje em meio ao depoimento de Luiz Paulo Dominguetti Pereira, que foi acusado de ser o intermediador da compra das doses da vacina da Astrazeneca e teria almoçado em um restaurante no Brasília Shopping na Capital Federal.

Dominguetti pegou o celular e reproduziu um áudio com a voz de Luis Miranda, onde supostamente ele estaria, fazendo a negociação e intermediação da compra do imunizante.

Miranda que assistia a CPI no Senado Federal, entrou sem ser convidado na sessão, o que causou imediato protesto por parte dos senadores governistas. Ao sair da sala de reuniões Luis falou ao ouvido do Presidente Omar Aziz (MDB), em seguida cumprimentou o relator Renan Calheiros (MDB) e saiu por outra porta.

O episódio foi considerado como uma forma de amedrontar o depoente ou causar constrangimento.
O Presidente da CPI e alguns senadores levaram Luis Miranda a uma sala e o repreenderam com relação a atitude do parlamentar, que desrespeitou a regra de conduta do Senado Federal.

Aziz voltou a sessão e disse, que juntamente com outros senadores ouviram o porquê daquela atitude de Miranda. A resposta foi, que ele não suportou ouvir uma montagem de áudio sobre uma negociação de compra de luvas, ainda quando era empresário nos Estados Unidos e não tinha a ver com a acusação no qual Dominguetti, havia apresentado a CPI e que estava indo naquele exato momento a Polícia Federal apresentar os áudios originais.

Isso é uma calúnia por parte dessa corja, afirmou o deputado. Vou abrir uma denúncia crime contra esse cidadão, que irá ter que provar do que me acusou. Afirma Luis Miranda.

Alê Moraes

Editor Chefe
Jornalista, Editor, Programador, Apresentador, Repórter. O compromisso com a verdade e a narrativa real dos fatos mediante apuração, fazem da profissão uma dura realidade do cotidiano.
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter

PUBLICIDADE

ÚLTIMA POSTAGEM