Fale Conosco: (61) 9.9592-3632 (WA)

CAVALGADA EM ÁGUAS LINDAS PROVOCA AGLOMERAÇÃO E TERMINA EM BRIGA

Reprodução Vídeo Internet
Reprodução Vídeo Internet
Publicidade

Águas Lindas de Goiás-GO. Nesse domingo (07) a cidade teve uma grande cavalgada clandestina, organizada em uma chácara no setor Padre Lúcio com cerca de mais de 1.000 pessoas presente ao evento.
As imagens divulgadas nas redes sociais mostram os participantes todos aglomerados em um galpão, sem respeitarem distanciamento, sem o uso de máscaras e transitando livremente uns entre os outros.
O Estado de Goiás está na pior fase desde o início da pandemia, iniciada em março de 2020 onde fora decretado o primeiro fechamento dos comércios. De lá para cá, os casos de mortes por COVID-19 não vêm caindo e dos últimos dois meses, tem preocupado os órgãos estaduais de saúde.
Goiânia tem quase que 95% da capacidade dos leitos de UTIs cheios, podendo inclusive vir a colapso, caso venha ter aumento de necessidade de ampliação de leitos. O Governador Ronaldo Caiado decretou o fim do feriado de Carnaval em todo o Estado, reuniu-se com 50 prefeitos das maiores cidades e pediu o apoio deles, o que foi quase que unanime.


A cidade de Águas Lindas está indo na contramão e do descaso com a pandemia, permitindo festas clandestinas amplamente divulgada nas redes sociais, indicando o local e os responsáveis, contando com patrocinadores conhecidos da população.
Isso tudo acontece dias depois da reedição do Decreto Municipal Nº 1.063/2020  assinado pelo Prefeito, onde inclusive no documento cita a proibição de festas com mais de 100 pessoas e sem as regras determinadas pela Secretária de Saúde e dos Órgão de Saúde Pública do Estado de Goiás.

DECRETO MUNICIPAL Nº 1063/2021 REEDITADO NA SEMANA PASSADA

Segundo informações o único hospital da Cidade o Hospital Municipal Bom Jesus, pode ficar sem suprimento de oxigênio no mês de março, caso a quantidade de doentes internados ultrapasse a capacidade dos leitos disponíveis.
A irresponsabilidade dos organizadores desse evento, pode acelerar a taxa de contágio dentro do município, sobrecarregando o sistema de saúde e dissimilando o SARs-COV2 em pior variante em toda a cidade.
Está sendo anunciada outras festas no período de carnaval e veremos quais serão as providências tomadas, para coibir o absurdo e desrespeito as leis dentro de Águas Lindas.

Como se não bastasse a falta de respeito as autoridades da cidade, menores fazendo uso de álcool e para finalizar com chave de ouro, houve confusão entre os participantes no final da folia.

divulgada em grupos de whatsapp
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter

PUBLICIDADE

ÚLTIMA POSTAGEM